sábado, 9 de abril de 2011

O olhar direciona o movimento!

Olá pessoal!

Essa será uma postagem breve, de aeroporto e avião…

Será que consigo isso? Rsrsrsr…


A idéia é ressaltar a importância do olhar nos movimentos.

A Physio Pilates ensina isso faz tempo: me lembro bem de ver a a educadora Selma fazendo um caminho com o dedo para a aluna acompanhar com o olhar enquanto relizava um Roll-up. O olhar direciona todo o nosso movimento: olhamos primeiro, movemos depois.


Num padrão de alinhamento postural de coluna neutra, os três pontos de alinhamento da coluna dorsal são sacro, torácica e crânio. Neste alinhamento o olhar, quando estamos em pé, em ortostase, é um olhar horizontal, ou seja, se direciona para o horizonte.


Quando deitados, ainda com o pensamento na neutra, o olhar se direciona para o teto, ou para o céu. A questão é que, cada vez mais percebo nas aulas, pelas ruas, por aí, que os olhares andam baixos, e isso não é bom para a saúde postural. Vivemos com a cabeça baixa, muito possivelmente pelo hábito da leitura, da utilização dos teclados, de grande parte dos trabalhos exigir que abaixemos o olhar. Abaixar o olhar, ou pior, mantê-lo baixo, é uma atitude, hoje, extremamente corriqueira.


O resultado disso? Junto com o olhar abaixamos a pesada cabeça e, muitas vezes, tensionamos, ou , minimamente, encurtamos a musculatura flexora do pescoço por mantê-la por um tempo longo fora de seu comprimento normal. Junto com o olhar baixo flexionamos a cervical retificando-a pressionando os discos intervertebrais por horas seguidas.

Junto com o olhar que abaixa, a cabeça que pesa a favor da gravidade retificando a cervical e encurtando a musculatura do pescoço, muitas vezes acabamos flexionando, também nossa torácica incrementando nossa cifose.


Muito bem, como agir então durante as aulas?

Em primeiro lugar pedindo aos alunos que abram os olhos e levantem o olhar quando estiverem realizando exercícos em pé ou sentados. Pedindo que olhem diretamente para o teto quando estiverem deitados no solo, no rolo ou no trapézio. Mostrando como o olhar pode amarrar ou libertar o movimento.


Experiência 1: olhe para esta postagem, fixe o olhar em uma palavra qualquer e tente virar a cabeça para o lado, como se fosse olhar para trás. O quanto você consegue virar a cabeça?

Agora solte a corda do olhar, deixe seu olhar ir buscar o lá atrás de sua cadeira!


Experiência 2: Coloque as duas mãos sobre a mesa ou sobre sua coxas, o que estiver a sua frente. Relaxe os ombros deixe os cotovelos relaxados. Agora mantenha o olhar em uma palavra , deixe os ombros, braços e mãos pesarem para baixo alavancando seu peito para cima. Olhar fixo na tela. Empurre seu esterno para o teto. O quanto o peito sobe e a coluna estende?

Agora sim, solte a corda do olhar e deixe que suba para uma diagonal alta liberando sua traquéia e seu pescoço. Note a diferença no alcance da extensäo da coluna torácica.


Essas são experiências simples que você pode fazer com os alunos para mostrar a importância do olhar na execução dos movimentos e na postura.

Caprichem nas dicas para o olhar e notem como os pescoços ficarão mais livres e, consequentemente , toda a coluna.


É isso aí? Como foram as experiências para vocês? Aguardo comentários...


Beijo, Silvia.

22 comentários:

Ivana Valenga disse...

Olá Silvia!!
Fico tão feliz quando leio suas orientações e vejo que estou no caminho certo!!
Sempre trabalho com meus alunos essa questão que você abordou e a importância do alinhamento da cervical....
Moro no Paraná e gostaria muito de fazer um curso com voce!!!
Um grande abraço.

Samara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariana Moraes disse...

Notei grande diferença nas experiências com e sem o acompanhamento do olhar! Mais um detalhe que faz toda a difererença!
Vc está gatona na foto, gostei!
Beijão!

Silvia Gomes disse...

Oi Ivana! Que bom que o blog está te dando suporte... fique sempre à vontade por aqui! Estarei no Sul, em Joinville e em Balneário no segundo semestre, darei notícias! Beijo, Silvia.

Silvia Gomes disse...

Oi Mari! Que bom que as exeperiencias surtiram efeito.. as vezes quando fazemos é uma coisa, descrever já é outra.. Ah! Obrigada pelo elogio..rsrs Beijão, Sil.

Vita Sani disse...

Oi Silvia!
Gostei muito quando no curso que fiz com você, você usou o exemplo das linhas que se formam no pescoço! Tenho utilizado bastante em minhas aulas e dá um feedback bom para os alunos não fletirem a cervical! As mulheres então, passam a ficar ainda mais atentas para não formarem as "papadas"! rs!
mais uma vez, obrigada pelos esclarecimentos!
Abraços!
Josiane

moscardini disse...

OI SILVIA,

O "OLHAR" É TÃO IMPORTANTE, A EXPRESSÃO DELE NOS MOSTRA AO MUNDO E REVELA COMO ESTAMOS E TB COMO APRECIAMOS TUDO QUE NOS CERCA...
DESDE A PRIMEIRA AULA ESTIMULO "OLHAR O HORIZONTE" COM CONFIANÇA E BRINCO COM AS EXPRESSÕES " SOMOS LINDAS(OS)" E QDO DEITADAS ALERTO PARA O "PAPO" E O GASTO NO FUTURO COM CIRURGIA PLÁSTICA.RSRS
COLOQUEI NA SALA VÁRIAS MARCAÇÕES PARA O ALUNO OLHAR....EX:NA PRANCHA DE MOLAS COLEI SMILES NA PAREDE, ASSIM EVITANDO POSTURA "INCORRETA" .
USO EXERCÍCIOS BÁSICOS(NÃO SOU ESPECIALISTA) DE FELDENKRAIS QUE AJUDAM O ACOMPANHAMENTO DO MOVIMENTO, PP/ NAS ROTAÇÕES.
E OUTRA AJUDA É DO BALLET QUEM JÁ FEZ USA TÉCNICA DE ACOMPANHAR OS MOVIMENTOS.
O QUE VC ACHA?????
GRANDE BJ!!! BOA SORTE!!

Silvia Gomes disse...

Oi Josiane, que bom que as dicas do curso ajudaram! Continue praticando, variando, experimentando.. beijo!

Silvia Gomes disse...

Oi Claudia: ótimas dicas!! E muito bem lembrado a questão do ballet, fundamental em giros e tudo mais! beijo grande e obrigada pela contribuição, Silvia.

Renata disse...

Gosto muito do Blog, sigo e divulgo sempre pros meus alunos, parabéns!!!

Silvia Gomes disse...

Oi Renata, obrigada pela presença e, especialmente, por divulgar o trabalho. Assim podemos compartilhar o conhecimento cada vez mais. beijo!

Ágape Pilates disse...

Adoro seus textos!
Escreva mais Silvia!!

Suas palavras nos inspiram a melhorar nosso trabalho =)
Abraços!!!
Ju

Silvia Gomes disse...

Oi Jú, fico muito feliz de inspirar vocês. Infelizmente não tenho muuuito tempo para escrever e vou colocando os textos assim, em doses homeopáticas..rsrsr.Beijo grande, Silvia.

Victor Valente disse...

Boa Tarde,

Posts sempre ricos em conteúdo! PARABÉNS!

Gostaria de saber quando terá um novo curso de pilates para gestantes aqui em São paulo, acabei perdendo a inscrição deste mês de Abril!

obrigado! e

Silvia Gomes disse...

Oi Victor, obrigada pela presença. Não temos Gestantes agendado para Sampa por enquanto, mas, se possível, participe do Terceira Idade que será muito enriquecedor e é agora em Maio. Abraço, Silvia.

rafael disse...

olá silvia, não estou conseguindo enviar e-mail para você.

rafa.juliano@yahoo.com.br

Lilian Pinto disse...

OLá Silvia,
Estou acompanhando um pouco seu trabalho!! Vc é fantástica!!! Espero poder conhecê-la pessoalmente em breve!!
Bjs
Lilian Pinto

Silvia Gomes disse...

OI Lilian, obrigada por me acompanhar! Vamos juntas compartilhando conhecimento e experiências.. fique à vontade! Beijo.

JF Pilates disse...

Sílvia, seu site é legal demais. Adoramos o conteúdo que você produz. Parabéns viu?

Silvia Gomes disse...

Oi JF, obrigada pela participação, que bom que estão aproveitando os posts! Beijo!

Claudia disse...

Nossa adorei o blog, dicas ótimas pra quem pratica pilates ou está começando como eu, tive muita dificuldade em encontrar produtos de pilates que pudesse praticar em casa, inclusive meias anti-derrapanate, acabei encontrando esse site que é muito bacana, e é super confiável www.alexshoes.com.br, espero ter ajudado!

Silvia Gomes disse...

Oi Caludia, que bom que gostou. Fique à vontade e grata pela dic
a... beijo!

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Mulher, mãe, professora de Ed. Física, instrutora de Pilates, uma apaixonada pelo movimento: o meu, o seu, o de todos nós, o de todas as coisas..