terça-feira, 3 de novembro de 2009

Manipulando a própria escápula.

Oi pessoal!

Outro dia, durante as aulas com meus professores, acabei “descobrindo” uma brincadeirinha bacana.
É possível sentir bem as escápulas quando a pegamos por debaixo do braço. Na realidade, o grande dorsal quando forma a parte de trás da axila (o peitoral forma a parte da frente), está ali juntinho com a escápula. É bacana mesmo a sensação e, principalmente, o efeito desta manipulação. Vamos ver!

Prática:

Deitado em dec. Dorsal, apóie uma de suas mãos na cabeça (apenas para descansar seu braço) com cotovelo apontando para o teto. Deixe sua musculatura o mais relaxada possível. Cruze seu outro braço pela frente do corpo, coloque o polegar dentro da axila e com os outros quatro dedos alcance sua escápula.

Comece a palpar sua borda lateral, ângulo inferior e parte da borda medial. Agora mova um pouco a escápula, mantendo a mão na testa. Deixe o ângulo inferior brincar de deslizar sob seus dedos. Sinta como é agudo.

Próximo passo, agarre bem a escápula, mantenha o braço que a segura repousado sobre o peito com ombro relaxado. Estenda seu braço para cima e mova suavemente para cima e para baixo. Experimente fazer círculos pequenos. Note como a escápula fica paradinha, quieta nas suas mãos.

Sinta o tobogã, o gostoso deslize gleno-umeral. Agora relaxe os dois braços no solo e compare um lado com o outro, a sensação dos ombros no solo, o peso dos braços.

Experimentem e vamos compartilhar essas sensações!

Beijo, Silvia.

12 comentários:

Cintia Marski disse...

Oi Silvia!! Que jeito gostoso de sentir a escapula...experimentei tb diversos movimentos com os cotovelo flexinado para todos os lados...a escapula se apresenta...sem timides...bom demais!!
Obrigada!!
Bjs!!!

Mariana Moraes disse...

Que legal! Estreei nas fotinhos do blog!!! rsrs...
Beijão Sil! E obrigada pelos ensinamentos!

Silvia Gomes disse...

Oi Cíntia.. que legal que deu pra perceber bem a escápula! Também curti muito fazer a brincadeirinha..rs

Silvia Gomes disse...

Hey Mari!! Seja bem vinda e esu que agradeço! Beijos e muito obrigada pela deliciosa companhia de terças!

Carol Dias disse...

Excelente exercíocio. Vou passar aos alunos mas eu mesma vou usá-lo muito quando estiver com aquela tensãozinha no final de um dia de trabalho bem cheio.rs Beijos Silvia.

Silvia Gomes disse...

Oi carol! Que bom então que será duplamente útil..rs beijos

Renata Batista disse...

Querida mestre, já andava numa onda de auto-relaxamento com meus alunos, depois do seu curso, pode imaginar o gás que me deu! Se eu tivesse lido esse post ontem teria inserido esses movimentos hj... na qual no momento do relaxamento enfoquei as escapulas! Sabe aquela serie que vc deu para relaxamento para todo o "complexo" de ombro antes dos exercícios, para os alunos tentarem relaxar, usando a theraband? Desde então comecei a pensar em como eles acharem seus tobogãs, e inseri hj o exercicio Pendulo, na fisioterapia tem um nome mais específico (não lembro agora). Então com um pesinho nas mãos, braços pendurados, eu dava um tapinha, e o balanço dos braços bem soltos... o efeito é relaxante, além de fortalecer e tracionar a região!
Vou fazer um post esse fim de semana com a série que fiz nas aulas! Obrigada, por nos fortalecer! Beijo grande!

Silvia Gomes disse...

Oi Rê, quew bom que gostou e que vai ser útil. O pêndulo é realmente um ótimo exercício para soltar os ombros, especialmente deitado. Como você utilizou? Em pe mesmo? Me conte! beijo. Ah! Estou esperando o post!!!

Andrea disse...

Oi Silvia!

Passando para dar um alô e dizer que os exercícios com theraband para os ombros estão fazenndo um grande sucesso. Todo mundo A-DO-RA! Este vai ser mais um que vou utilizar.
Nem preciso dizer que já estou com saudades. É muito bom para minhas alunas quando realizamos treinos de véu nas aulas de dança oriental.
Bjs, Andréa.

Silvia Gomes disse...

OI Andréa, que bacana que você está utilizando os exercícios e fazendo associações com suas aulas.. show de bola! Beijos e saudades também!

Renata Batista disse...

Oi Silvia fiz em pé mesmo, com o corpo inclinado a frente se apoiando na parede ou alguma barra. O post vai sair... O fim de semana foi agitado e não consegui escrever. Mas vai sair... bjs

Silvia Gomes disse...

Em pé também funciona bem. Estou esperando o post. Fiz aqueles exercícios das duias bolas com dois alunos, um pouco adaptado. Depois te mostro. Beijos

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Mulher, mãe, professora de Ed. Física, instrutora de Pilates, uma apaixonada pelo movimento: o meu, o seu, o de todos nós, o de todas as coisas..