sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Estabilizar: manter a gangorra em equilíbrio!













Oi pessoal!
Vocês já brincaram com alguém de manter uma gangorra equilibrada no meio, indo para frente e para trás do apoio?
Então acompanhem essa imagem que venho usando ultimamente:
Se pensamos na relação tronco / membros inferiores (vale também para superiores!) como uma gangorra, em uma extremidade temos o peso dos membros e na outra temos a musculatura do tronco.
Se as pernas estão no solo flexionadas a gangorra está vazia e em equilíbrio.
Se elevamos uma perna ainda flexionada, subiu uma criança no banquinho e, se queremos manter a gangorra equilibrada, é preciso colocar uma outra de mesmo peso no lado oposto: no lado do tronco.
O peso do lado do tronco, entretanto, é feito exclusivamente por ativação muscular.
Se estendemos a perna ou se elevamos a outra que estava no solo, o peso do lado dos membros se torna cada vez maior e na outra extremidade a força abdominal começa a ser cada vez mais necessária para manter a gangorra equilibrada.
Se a ativação no centro (força) não for suficiente , o peso das pernas fará a gangorra começar a subir e isso significa que começamos a alavancar a coluna (perder sua estabilidade) gerando uma sobrecarga inadequada aumentando a lordose lombar.
Por isso quando algum aluno pergunta "até onde devo descer a perna" ou "até onde devo estender a perna" a resposta é sempre a mesma: até o ponto em que você mantém a estabilidade da coluna, ou seja, até aonde a musculatura garante que a gangorra de ossos fica equilibrada.
Geralmente a maneira de verificar isso é o conforto. Quando existe sobrecarga na lombar, ou seja que a gangorra ameaça subir do lado do tronco, sentimos imediatamente desconforto na região.
É importante fazer os exercícios de maneira lenta quando o objetivo é aprender a estabilizar, Verificar o gradual aumento da força do centro a medida que os membros se afastam, mantendo as curvas da coluna estáveis e o abdome plano.
Falaremos mais sobre isso na próxima semana.
Um beijo, ótimo final de semana.
Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Mulher, mãe, professora de Ed. Física, instrutora de Pilates, uma apaixonada pelo movimento: o meu, o seu, o de todos nós, o de todas as coisas..